» » Canibalíssimo: Chineses comem sopas feitas de bebês para aumentar a potência sexual



Uma cidade no sul da província de Cantão (Guangdong) tornou-se o centro das atenções. Isso poruqe tem pessoas na região que estão desfrutando de sopas de bebê baseado em ervas para aumentar a saúde geral e a resistência e o poder da atividade sexual em particular.

O preço na moeda chinesa é aproximadamente Rs 2000 (que é cerca de 4.000 dólares dos Estados Unidos.UU.).

Um gerente da fábrica foi entrevistado e afirmou que é eficaz, porque é um cliente frequente. É uma sopa que é acrescentando ervas caras para ferver o bebê (cadáver) misturado com carne de frango por oito horas. Ele se referiu a sua segunda esposa ao seu lado. Ela tem 19 anos. O homem de 62 anos, disse ter sexo todos os dias e é super ativo.

Em reportagem local que durou uma semanas para recolher informações pelo gerente do restaurante onde vende a sopa de costelas de porco (código local para bebê sopa) estava disponível.

Um casal que já tem duas filhas, a esposa estava gravida e decidiu abortar após ter recebido a confirmação de que era outra menina. O bebê já tinha cinco meses de idade. Os bebês que estão prestes a nascer e morrer naturalmente, custa cerca de 2.000 dólares em moeda chinesa. Bebês que são abortados custam algumas centenas em moeda da China.

Casais que não querem vender bebês mortos podem vender as placentas para cerca de 70 em moeda chinesa.

Um jornalista local foi citado como dizendo que este é o problema que surge na China, quando o governo decide tomar medidas drásticas com a política que se limita a uma criança por unidade familiar com o controle de natalidade exagerado. Estes crimes aumentados pelo fato de que a maioria dos chineses prefere ter crianças do sexo masculino e famílias pobres acabam vendendo seus bebês do sexo feminino.


Cpx24.com CPM Program
-->

Postador Moderador

Seja Bem Vindo ao Maior blog de Entretenimento do Brasil. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário: