» » » » Em virada sensacional Atlético vence Santa Fé e assume liderança na Libertadores

Com gols de Jô e Neto Berola, Alvinegro faz valer a força do Independência


Foi de virada de novo, com emoção no final. No Independência, o Atlético mostrou mais uma vez sua força como mandante. Saiu perdendo para o Independiente Santa Fé, da Colômbia, mas buscou a virada por 2 a 1.

Com o resultado, o Galo assumiu a liderança isolada do Grupo 4 da Copa Libertadores, com seis pontos. Santa Fe e Nacional (PAR) têm três pontos. O Zamora (VEM) ainda não pontuou.

O Alvinegro volta a campo pela Libertadores no dia 12 de março, contra o Nacional, no Paraguai. Independiente e Zamora se encaram na Venezuela.

Triunfo de virada

O Atlético entrou em campo decidido em não deixar o Independiente Santa Fe avançar para o campo de ataque. Marcou desde a saída de bola, ganhou quase todas as divididas no meio-campo.

Pressionou por 30 minutos. Mas não traduziu a intensidade do jogo em gol. O Galo não achou espaço no ataque, errou muitos passes.

Mesmo assim, o Alvinegro teve chances. Aos seis minutos, boa triangulação entre Ronaldinho, Jô e Tardelli, que chutou rente à trave. Quatro minutos depois, Fernandinho invadiu a área e chutou em cima do goleiro Vargas.

Aos 24 minutos, novamente o arqueiro apareceu bem. Desta vez, salvou o Santa Fe com grande defesa depois da finalização de cabeça de Otamendi, completando cobrança de falta de Ronaldinho.

A partir dos 30 minutos, o Atlético diminuiu o ritmo, deu mais espaços para o Independiente Santa Fé. Os colombianos tiveram duas oportunidades. Aos 38, com Medina chutando de fora para a defesa de Victor, e aos 41, com Cuero, batendo por cima do gol.

O primeiro tempo já caminhava para o final, quando, aos 44 minutos, Medina fez falta violenta em Otamendi e foi expulso, deixando o Santa Fe com um a menos em campo.

Na etapa final, O Galo começou carimbando a trave colombiana, com Jô, aos sete minutos. Mas foi o Independiente que abriu o placar, aos 14. Tardelli errou o passe, Perez recebeu na entrada da área e bateu no canto: 1 a 0.

Durou dois minutos a vantagem do Santa Fe. Aos 16 minutos, Guilherme, que entrou no lugar de Josué, achou Jô na área. O atacante tocou na saída do goleiro e fez 1 a 1.

O Atlético lutou pelo segundo gol. Teve chances com Otamendi, chutando de fora da área, Tardelli, recebendo lançamento de Ronaldinho, Leonardo Silva, concluindo de cabeça, e Neto Berola, após tabela.

Mas precisou esperar até os 41 minutos, quando a bola sobrou para Berola na boca do gol. O atacante pegou de meia-bicicleta e fez um belo gol: 2 a 1.

A emoção esteve presente no final. Aos 43 e aos 47 minutos, Victor ainda fez defesas para assegurar a vitória.

ATLÉTICO 2 X 1 INDEPENDIENTE SANTA FE

ATLÉTICO
Victor; Marcos Rocha, Otamendi, Leonardo Silva e Dátolo; Pierre, Josué (Guilherme), Diego Tardelli, Ronaldinho (Leandro Donizete) e Fernandinho (Neto Berola); Jô. Técnico: Paulo Autuori

INDEPENDIENTE SANTA FE
Vargas; Anchico, De la Cuesta, Meza e Mosquera; Roa (Herrera), Torres, Edison Mendez e Omar Perez; Medina (expulso) e Cuero (Arias)

Motivo: Segunda rodada do Grupo 4 da Libertadores
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Data e hora: 26 de fevereiro de 2014

Gols: Perez, 14min 2ºT; Jô, 16min 2ºT; Berola, 41min 2ºT

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Carlos Pastorino e Nicolas Taran (URU)

Cartão amarelo: Marcos Rocha, Pierre (ATL); Roa, Mosquera (IND)
Cartão vermelho: Medina (IND)

Fonte: Superesportes

Postador Moderador

Seja Bem Vindo ao Maior blog de Entretenimento do Brasil. Deixe abaixo os seus comentários. Obrigado por sua visita e volte sempre!
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário: